Keblinger

Keblinger

Se há poesia, enlaces by @ValcirMachado, @vidraguas, @gloriadioge & eu.

| sexta-feira, 9 de setembro de 2011


A poesia desprende num sentimento que engasga. Devaneia-se à vontade. [Valcir Machado]

A vontade da vida feita em laços, engasgando poesia durante o dia. Criação em união. Profusão de sentimentos. Imensidão. [Du]

Enlaçados, fios de vida se contemplam; olhares de sentir envoltos nesse laços de que só a vida se encarrega, sem acasos. Não há acasos. [Valcir Machado]

Acasos felizes, por que não? Eu diria que sim, fantasia em construção. [Du]

Atos poéticos, metamorfoses de meias verdades, se por acaso, se por vontade, não importa. Se há poesia, enlaces... [Carmen Silvia Presotto]

Poesia há até em beirais de retina, que por vontade ou acaso vêem. E que seja ao acaso; entendo agora. [Valcir Machado]

... em beirais de retina dobram-se os versos que a noite não pode sonhar... [Carmen Silvia Presotto]

Poesia me acode. Deixa ir palavras fatigadas de significar. Devir-sabiá troca de lugar. Eu canto amanheceres e tu faz ciência. [Glória]


Bem vindos, poet'amigos Carmen Silvia Presotto e Valcir Machado.



3 comentários:

{ carmen silvia presotto } at: 9 de setembro de 2011 11:15 disse...

Hey que maravilha ficou...beijos e gracias por estar poemando por aqui.

Bom final de semana e seguimos...

Carmen Silvia Presotto - Vidráguas!

{ Rita Schultz } at: 9 de setembro de 2011 11:58 disse...

que é poesia? poesia são vocês!
bjs!!

{ Liberdade. } at: 10 de setembro de 2011 23:37 disse...

OLÁ!

interessantíssimo e belo!

uma braço e boa noite

 
Customizado por Dulce Miller

Copyright © 2010 Nostra Dolce Vita