Keblinger

Keblinger

Por Aí... by @DomIsidro

| segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Só amar...
Sem entender, sem medir,
Sem limites, sem razão...

Sei que te vi,
Não lembro quando,
Sei que sorri,
Não lembro quanto,
Sei que senti,
Não sei que tanto,
Sei que cedi
Ao teu encanto.

Não houve olhar,
Não houve luz,
Não houve afago,
Houve um sorriso
E hoje preciso
Ter-te em meus braços.

Não sei dos dias,
Não sei do ontem,
Nem do depois,
Sei do meu sonho,
Sei do meu verso,
Sei de nós dois.

Sei que te quero,
Sei que hoje espero
O que ainda não foi.
Não sei das tardes
Para escrevê-las,
Não entendo a noite
Nem a magia que há nas estrelas
Sei apenas do vôo e do pouso
Suave das borboletas.

Sei do perfume,
Sei do calor,
Sei do teu beijo
E do seu calor,
Só sei de nós dois
E de todo este amor.

1 comentários:

{ Cristian } at: 15 de novembro de 2011 10:47 disse...

Muito bom! Tanto sei que logo digo: nada sei, sei que é você!

Abraços!
Até mais...

 
Customizado por Dulce Miller

Copyright © 2010 Nostra Dolce Vita