Keblinger

Keblinger

De(u)scrente por @leozaqueu

| sábado, 10 de março de 2012
Deus,
não precisando existir,
mora bem longe das crenças

A-penas vai se sendo 
descrente em crentes 
(con)fiado para ateus

Divindade que está além da Divindade,
arde no desejo de querer ser humanidade

De perfeições, 
que sei,
é não nos existirem

Delas 
não me ocupo.

[Leo]

1 comentários:

{ Rita Schultz } at: 22 de março de 2012 08:57 disse...

"Deus é um comediante a atuar para uma plateia assustada de mais para rir".(Voltaire)
Mas creio!
Um abraço carinhoso, poeta!

 
Customizado por Dulce Miller

Copyright © 2010 Nostra Dolce Vita