Keblinger

Keblinger

POLIFONIA POÉTICA (@gloriadioge)

| domingo, 29 de janeiro de 2012


POLIFONIA POÉTICA

Tem luz a cidade de muros.
Que de tão formosa perdeu o espelho,
deixando aprisionadas as cores nos cartões postais,
em branco e preto.
E o eco do medo nos becos.

Quase ninguém escuta os suspiros da madrugada
da mulher de ruas nuas,
de solidões trancafiadas,
sem lanternas e serenatas.
Que até hoje ecoam na “Louvação” de Eduardo Campos.

Buzinas entoam a trilha sonora dos teus dias,
na pressa da gente que segue em desatino,
ausentes dos sinos da Assunção,
dos sobrados, das retretas românticas e das orquestras
de valsas,
do “Canto de Amor” de Artur Eduardo, o Benevides.

Princesa sem realeza,
sem velas brancas na Iracema,
já não descendes de uma deusa
tal qual Filgueiras Lima te inventou
em mágicos diademas.

Acompanho o tempo correndo no asfalto,
contornando calçadas desnudadas,
com corpos fazendo do passeio a casa.
Distante o tempo das prosas demoradas,
repetidas no “Canto da Jandaia” de Francisco Carvalho.

Como diz Gustavo Barroso,
cinqüenta anos “descansei no teu regaço”,
cidade de mel e de aço.
Que de um lado é Aldeota,
do outro, pouco importa o mal que passa.

Ecos de Jáder de Carvalho,
açoitam o vento.
E tomam a mão da memória:
“por que, na noite, não te escutam mais”?
eu que ouço os bramidos dos teus filhos ao relento?

Fortaleza deita ao meu lado,
tua paisagem cansada,
Dá as mãos ao lirismo que te encarna.
Pois como Girão Barroso, te digo:
“Ai Fortaleza, só suspirando”.

Mesmo trôpega,
seguindo teu ritmo acelerado,
mesmo separada de ti,
no compasso desalmado do teu abraço,
assim como Yaco – “todavia estarei contigo”.

Tem luz a cidade dos muros, entre grades e sombras,
entre tiros e indiferenças.
Tu tens Fortaleza.
Eu tenho Asas.





Poema de Glória Diógenes que foi Destaque no Prêmio de Literatura Juvenal Galeno, do Ideal Clube.

3 comentários:

{ simone } at: 29 de janeiro de 2012 21:45 disse...

Teve um erro, dos responsáveis pelo Prêmio Ideal de Literatura Juvenal Galeno. Publicaram o poema com o nome de outro concorrente. Esperamos que o Clube contorne esse grave erro.

{ Rita Schultz } at: 31 de janeiro de 2012 14:05 disse...

que bonito!
Parabéns pelo destaque,Glória!
bjs

{ Du } at: 31 de janeiro de 2012 14:11 disse...

Muito lindo, merecidíssimo o prêmio Glorinha! Também espero que corrijam este erro logo, Simone... que a justiça seja feita!

Beijo pra todas as poet'amigas!

 
Customizado por Dulce Miller

Copyright © 2010 Nostra Dolce Vita